Missões

Definição e Visão

Fazer missões significa obedecer à Grande Comissão dada por Jesus em Mateus 28.19 e 20. Fazer missões será o estilo de vida de cada membro do IDF. Para tanto cada membro irá:

· Ser um missionário;
· Orar diariamente;
· Estar disponível;
· Dispor do seu tempo e de seus recursos.
A visão desta base é “Que toda a Igreja viva Missões como estilo de vida”.

Missão, Objetivos e Valores da Base Missões:

A missão da Base Missões é dupla:
· Motivar, capacitar e equipar todas as pessoas a viver missões como estilo de vida.
· Promover, facilitar e/ou conduzir a realização de projetos que demandem um esforço conjunto da IDF com e sem parcerias externas, buscando sempre ressaltar a importância da diversidade de dons e ministérios na visão de ganhar todas as pessoas para Jesus.
Os valores que norteiam o trabalho da Base de Missões são os seguintes:

M utualidade – Fazemos missões por amor ao próximo, não por programa;
I ncentivo – Incentivamos o voluntariado, pois cada membro é um missionário fora da IDF;
S uporte – Fornecemos suporte para os missionários locais e de campo;
S ensibilidade – Pessoas em todas as suas necessidades são nossa prioridade;
O bediência – Por obediência a Atos 1.8, nossa visão missionária é uma visão globalizada;
E nsino – Capacitamos nossos missionários através do treinamento pessoal e coletivo;
S erviço – Entendemos a importância da diversidade de dons e ministérios na visão de ganhar todas as pessoas para Jesus.

Estratégias da Base de Missões

Iniciativas internas (dentro da IDF)

a) Divulgação e suporte do propósito de missões

Promover o propósito de missões entre as diversas faixas etárias, ministérios/entidades e as outras bases para:
· fomentar o propósito de missões de forma geral;
· melhorar a disponibilidade da membresia para realizar missões;
· angariar recursos para os projetos de missões do IDF (recursos humanos, de tempo, materiais, de influência e outros);
· colher sugestões que suportem a melhoria contínua da atuação do IDF em missões.
Uma vertente de divulgação acontecerá através de um grupo designado de representantes das diversas faixas etárias, ministérios/entidades e outras bases, que atuarão como promotores de missões em suas faixas etárias, ministérios/entidades e bases. Em reuniões regulares com o Ministro de Missões haverá oportunidade para planejar divulgação, fomento, iniciativas específicas, oração, etc. As reuniões regulares serão ainda um canal para colher sugestões que suportem a melhoria contínua da atuação missionária do IDF.
Uma segunda vertente de divulgação acontecerá através das Células da Igreja.

b) Promoção contínua de missões como estilo de vida junto à membresia

Levar cada membro a viver missões como estilo de vida.
· Parceria com a Base Discipulado para criar treinamentos avulsos, buscando a capacitação de membros em áreas ou estratégias específicas (exemplo: “Cristão Contagiante”).
· Promoção e realização da classe “401 – Missões”.
· Promoção de desafios pessoais como, por exemplo, o de ganhar pessoas para Jesus, orando e trabalhando por pelos menos 3 amigos ou parentes residentes em Viamão que ainda não conheçam Jesus.

Iniciativas externas (fora da IDF)

c) Evangelização da cidade de Viamão

Promover a evangelização abrangente, eficiente e sistemática da cidade de Viamão observando critérios de direcionamento à pessoa do sem-igreja.
· A partir de mapeamento de perfis da população (aspectos sociais, religiosos, políticos e outros) serão planejados e promovidos: Eventos-ponte (sob coordenação do Gestor de Ministérios), criação de Células (sob coordenação da Base de Comunhão), ação comunitária com ênfase na transformação de vidas (em cooperação com a Base de Serviço) e outras ações evangelísticas em estabelecimentos de ensino, empresas, hospitais e presídios. As atuações acontecerão isoladamente ou por parcerias com outras igrejas evangélicas na cidade. Todas as atividades contribuirão para a evangelização abrangente, eficiente e sistemática da cidade de Viamão observando critérios de direcionamento à pessoa do sem-igreja.
· Sustento e apoio às congregações existentes na cidade e arredores, através de parte do sustento do obreiro, participação em aquisições e construções, treinamento e apoio espiritual até a organização em Igrejas autônomas.
· Manutenção da “Linha da Esperança”, um ministério local que tem por objetivo, aconselhar e dar suporte por telefone a todos que necessitem, através de conselheiros voluntários treinados no aconselhamento bíblicos dos assuntos mais freqüentes nos problemas das pessoas visando, em última instância, ganhar estas pessoas para Jesus.

e) Missões mundiais

Promover o evangelho, a plantação e crescimento (através de treinamento) de Igrejas em outros países.
· Através de parcerias ou isoladamente a IDF investirá em organizações e no ministério de missionários de tempo integral aprovados, apoiando-os em oração, financeiramente e por meio da participação ativa de membros do IDF.