EBM

EBM – Escola Bíblia Ministerial.

GRADE CURRICULAR

1-DIDÁTICA
2-EVANGELÍSMO E MISSÕES
3-EXEGESE
4-FÉ E CURAS
5-GEOGRAFIA BÍBLICA
6-HERMENÊUTICA
7-HISTÓRIA DE ISRAEL
8-HISTÓRIA DO NOVO TESTAMENTO
9-INTRODUÇÃO A BÍBLIA I
10-LOUVOR E ADORAÇÃO
11-RELIGIÕES COMPARADAS
12-BATALHA ESPIRITUAL

Escopo do projeto
Treinar todos os oficiais que ocupam posições de liderança de ministério da IDF, e aqueles que já são oficiais porem não ocupam, ainda, alguma posição de liderança.

Para quem?
Todos os oficiais. Estes estão divididos em dois grupos.

Primeiro grupo Mandatório: Os que já são lideres de ministério, é mandatório, conforme decisão da liderança de pastores da IDF, que estes estejam cursando, ou já cursaram, a Escola Bíblica Ministerial (EBM), no curso básico de preparação para obreiros com duração de dois (02) anos.

Observações:
A) Todos os oficiais que são lideres e que tem seus estudos em andamento, ensino médio, cursos técnicos, nível superior, estão isentos durante os mesmos de cursarem a EBM. Tão logo concluam sua graduação, será exigido destes lideres que cursem a EBM.
B) EAD – Os oficiais que são lideres mas que, por motivo de trabalho até tarde da noite não possam fazer aulas presenciais, poderão estudar a distancia e deverão prestar os exames nas datas em que estes forem realizados.

Segundo grupo Opcional: Todos os que são oficiais, mas ainda não desempenham papel de liderança em algum ministério na IDF.

Observações:
Para estes oficiais tão logo venham a exercer a liderança em qualquer ministério, automaticamente, caso não estejam cursando, ou cursaram a EBM, será exigido que eles o façam, salvo se estiverem em andamento com seus estudos, ensino médio, cursos técnicos, nível superior. Porem logo após a conclusão dos mesmos será exigido destes lideres que cursem a EBM.

Por que?
Porque todos os homens e mulheres que estão trabalhando na Seara do SENHOR, devem estar capacitados a exercerem seus chamados de forma hábil, com entendimento e conhecimento das sagradas escrituras. O obreiro aprovado é aquele que não se envergonha e usa corretamente a Palavra da verdade. “2 Tm 2:15. Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade.”

Para que?
Para correta pregação do Evangelho de Jesus Cristo, para salvação das almas que moram em nossa comunidade ou longe dela; não importando sua classe social, grau de instrução, raça, credo ou religião, todos são dignos da salvação e de ouvirem o chamado de CRISTO e por Ele serem ensinados através de nós, Sua Igreja. Mt 28:18. “Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. 19. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, 20. ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

Mensagem dos pastores:
Nós os pastores da IDF entendemos, com base na Palavra de Deus, que todos os que almejam ao ministério, devem compreender que o chamado de cada um deve vir acompanhado de responsabilidade com o mesmo. Deus não chama pessoas desocupadas, mas ao contrario, chama aqueles que possuem alguma ocupação. Com isto percebemos que se alguém é comprometido com a sua vida secular, trabalho, estudos etc. e nesta frutifica, automaticamente irá frutificar na obra do SENHOR.
É impossível que o discípulo que não tem responsabilidades com sua família, seu trabalho, seus estudos, seu país e sua igreja, venha a ter esta mesma responsabilidade com seu Deus ou o ministério. A pergunta feita: a quem enviarei e quem há de ir por nós, deve ser respondida por todo aquele que tem o entendimento de que há um preço a ser pago, e que o compromisso assumido deve ser encarado de forma séria e coerente, por que iremos dar conta dos talentos que nos foram confiados e também por que como disse o Salvador: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”. Lc. 9:62