DISSIPANDO A DOR COM A PRESENÇA DE DEUS

Mensagem ministrada pela Pastora Claudia Rocha Cruz, no culto de celebração da família, domingo, 18 de julho de 2015

dor-3TEXTO BASE:
II Samuel 12: 14-25.
Mas, porque, fazendo isso, você mostrou tanto desprezo pelo Senhor, o seu filho morrerá.
Aí Natã foi para casa.
A morte do filho de Davi e Bate-Seba
Então o Senhor fez com que o filho de Davi e da mulher de Urias ficasse muito doente. 16Davi orou a Deus para que a criança sarasse e não quis comer nada. Entrou no seu quarto e passou a noite inteira deitado no chão. 17Então os funcionários do palácio tentaram fazer Davi se levantar, mas ele não quis e não comeu nada com eles. 18Uma semana depois, a criança morreu, e os funcionários ficaram com medo de dar a notícia a Davi. Eles disseram:
Enquanto a criança estava viva, Davi não respondia quando falávamos com ele. Como vamos dizer a ele que a criança morreu? Ele poderá fazer alguma loucura!
Quando Davi viu os oficiais cochichando uns com os outros, compreendeu que a criança havia morrido. Então perguntou:
A criança morreu?
Morreu! — responderam eles.
Então Davi se levantou do chão, tomou um banho, penteou os cabelos e trocou de roupa. Depois foi à casa de Deus, o Senhor, e o adorou. Quando voltou ao palácio, pediu comida e comeu logo o que lhe foi servido.
Aí os seus oficiais disseram:
Nós não entendemos isto. Enquanto o menino estava vivo, o senhor chorou por ele e não comeu; mas, logo que ele morreu, o senhor se levantou e comeu!
Sim! — respondeu Davi. — Enquanto o menino estava vivo, eu jejuei e chorei porque o Senhor poderia ter pena de mim e não deixar que ele morresse. 23Mas agora que está morto, por que jejuar? Será que eu poderia fazê-lo viver novamente? Um dia eu irei para o lugar onde ele está, porém ele nunca voltará para mim.
Então Davi consolou a sua esposa Bate-Seba. Teve relações com ela, e ela deu à luz um filho, a quem Davi deu o nome de Salomão. Deus amou o menino e mandou que o profeta Natã lhe desse o nome de Jedidias porque o Senhor Deus o amava.

INTRODUÇÃO:
Pensar sobre dor é pensar em sofrimento, violência, rejeição, escassez, problemas de relacionamentos.
Vejamos na história de Davi, um grande exemplo, ele era um músico, compositor, guerreiro, cheio de habilidades, mas ao dar lugar as suas emoções a presença de Deus ausentou-se dele

ISSO PODE OCORRER COMIGO QUANDO DEIXO DE PERCEBER DEUS NA MINHA VIDA

A dor do rei Davi foi muito grande, e trouxe conseqüências, a morte de seu filho, maldição e a espada sobre sua casa, consciente de seu pecado, Davi arrependido clama a Deus por misericórdia e no salmo 84:10 ele declara o desejo, e sede de sua presença.

Quando encontramos Jesus algo entrou em nossa vida, trouxe nova motivação, preencheu vazios, espaços em nós, então recebemos seu poder.

Vamos entendendo então que, esse cristianismo tem sido vivido por nós, sem verdadeiramente nos importarmos com a presença de Jesus em nós, em nossa casa, como se estivéssemos no piloto automático.

Quando Jesus entra em nossas vidas, sua presença implica sinais, prodígios e maravilhas acontecem. Pode ser algo bem simples, leia Lucas 4. 38,39.

Ele entra, e sua presença dissipa a dor, a enfermidade, a opressão, o sofrimento, ele faz a diferença.

TER ESSA PRESENÇA IMPLICA EM ALGUMAS COISAS IMPORTANTES:

  1. RECEBEMOS DIREITO DE FILIAÇÃO: João 1:12 – Você não é mais um órfão, temos um pai que é Deus.
  2. RECEBEMOS ALEGRIA: Filipenses 4:4 – Ela é plena, completa, perfeita, porém vai depender do nível de intimidade que temos com Deus.
  3. RECEBEMOS PAZ:  Filipenses 4:7 – Ela não é ausência de guerra, mas sim uma mente curada, plena na sua presença com um entendimento de sua paz.
  4. RECEBEMOS AUTORIDADE: Lucas 10:19 – A presença de Deus traz sobre nós essa autoridade, esse liderar, presidir de forma excelente para destronar e expulsar satanás e seus demônios. Todo poder de trevas no poder de Jesus.

O poder de Deus era manifesto através dos milagres que Jesus fez em sua vida terrena, ele sempre perguntava; o que queres que eu te faça? Ele se sujeitava ao pai compreendendo sua dependência da presença de Deus.

Jesus hoje pergunta para você, onde dói? O que você viveu e que te deixou com tanta dor, mágoa, apatia, indiferença ao ponto de afastar-se da sua presença?

O PROCESSO É:

A – Reconhecer que estás distante do Pai.

B – Perdão – pedir perdão ao Pai, e desejar sua presença.

C – Declare seu desejo de ter um espírito reto, um coração puro como Davi no salmo 51.10.

CONCLUSÃO E CHAMAMENTO:

Um coração é transformado quando Jesus entra nele, quando entregamos tudo a ele, quando corremos para ele, porque só ele tem esse poder para salvar, para curar tua dor e libertar teus grilhões, Jo 15.5.